segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Como comer de graça na Austrália no seu aniversário

Fala galera, quanto tempo!

Hoje vim falar de coisa boa (não, não é sobre a nova Tekpix): como ganhar coisas de graça no seu aniversário aqui em Sydney!
No último dia 8 comemorei mas um aninho de vida aqui, e boba que não sou, aproveitei ao máximo tudo de graça que pude encontrar. 
O negócio funciona assim: vários restaurantes/fast foods geralmente oferecem algum programa de fidelidade no qual vc cadastra (antes da data do seu níver, claro) e no dia do seu aniversário eles te dão algum 'presentinho' . Encontrei vários, mas vou falar dos principais que usufruí aqui:


  • Subway: free 6-inch sandwich and coke/water. Você precisa cadastrar online no site do Subway e virar membro do Subway Eat Fresh Club e pronto! Vc recebe um email te avisando do seu brinde e é válido pra uma semana antes e uma depois do seu níver.
  • Nando's: O Nando's é um dos meus restaurantes preferidos, e ele também oferece uma meal completa no aniversário. Para isso, vc precisa ter o cartão fidelidade que pode ser pego na loja (toda vez que vc vai ao restaurante vc o scaneia e ganha pontos que podem ser trocados por descontos) ou tem a opção de baixar o aplicativo e este funciona como cartão.

  • San Churros: O San Churros oferece uma porção de churros pra 2, válido pra até um dia antes ou depois do seu aniversário. É só cadastrar no site que vc recebe um email avisando do brinde.

Bom, além desses tem várias franquias famosas que oferecem freebies como Boost Juice e Cha Time. Dá uma olhada neste link aqui que tem várias outras opções.

See you soon guys!


quarta-feira, 2 de julho de 2014

Mochilão Sudeste Asiático - parte V: Malásia - Kuala Lumpur e considerações finais

Hey folks!

E finalmente chegaram ao fim as postagens sobre o mochilão, e acabam no ponto onde começou: Malásia. No dia 28 de fevereiro saímos de Chiang Mai na Tailândia rumo a capital da Malásia, Kuala Lumpur. O aeroporto fica bem longe da cidade, e o jeito mais barato de se chegar em KL Sentral (que é tipo a central rodoviária/trem de Kuala) é via ônibus. No aeroporto vc vai ver estandes de empresas de ônibus vendendo shuttle até KL Sentral.
Kuala é bem diferente das outras cidades que visitamos, é mais cosmopolita: quase todos falam inglês, o sistema de trens é super prático e fácil de usar, etc. Quando chegamos na KL Sentral ainda não sabíamos direito nos orientar na cidade então pegamos um táxi até a Chinatown, lugar que iríamos nos hospedar (vc compra o taxi em guichês dentro da central, o preço é tabelado). A Chinatown é um ótimo lugar para ficar porque é perto de tudo e tem bastante backpacker a um preço camarada.
Chinatown

Templo Hindu

Da Chinatown dá pra ir a pé em vários lugares como o Mercado Central e a Little India, e bem do lado tem uma estação de trens e ônibus que te leva pra todos os lugares turísticos praticamente, como as Twin Towers, Batu Caves e B.Bitang.
Pasar Seni é a estação da Chinatown, pra ir nas Towers vc pega até KLCC e se quiser ir pra estação rodoviária (aquela que falei no começo) vc volta um ponto até KL Sentral. Para ir pra Batu Caves, vc atravessa uma passarela na Chinatown e chega a outra estação de trens (essa com uma cara 'mais velha') e compra um ticket direto pra Batu Caves.
As Petronas Twin Towers são com certeza o monumento mais famoso de Kuala Lumpur, e dentro delas tem um shopping center enorme cheio de lojas de marcas famosas e com uma praça de alimentação enorme tbm (o melhor sushi train que já comi foi lá).
Petronas twin towers


O melhor sushi!


Outro lugar turístico de Kuala Lumpur é a rua Bukit Bitang, famosa pela sua intensa vida noturna: cheio de shopping centers, boates e restaurantes (alguns super chiquérrimos, e cheio de marcas internacionais). Super vale a pena visitar, tem um ônibus de graça que sai da Chinatown e vai pra lá.
B.Bitang
 E no nosso último dia fomos visitar as Batu Caves (não podia faltar né!)







Bom galera e essa foi nossa 3 semanas de aventuras pelo sudeste asiático, tempos inesquecíveis que vou levar pra sempre comigo. Queria ter tido mais tempo para visitar mais países (Camboja, Laos, Myanmar) mas com o pouco tempo que tivemos super valeu a pena!

Algumas considerações finais e dicas sobre a viagem:

  • Leve seu dinheiro em dólar americano. Dólar australiano é aceito em tudo que é lugar no sudeste asiático, mas dólar americano tem uma cotação bem maior.
  • Leve roupa de frio também, especialmente se vai viajar pro norte do Vietnã. Passamos o maior aperto quando chegamos em Hanói pq não previmos o baita frio que tava.
  • 7 eleven na Tailândia vai ser sua melhor companheira. Desde café da manhã (misto quente por 1 dólar) até produtos de higiene, é tudo muuito barato.
  • Pegue trem ou ônibus do aeroporto de Bangkok para o seu destino, é muito mais barato porém é o transporte dos nativos: quase ninguém fala inglês, gaste toda a sua mímica mas super vale a pena (uma corrida de táxi sai a 400 baht mais ou menos enquanto o mesmo trajeto de onibus sai a 5).

E isso é tudo pessoal, até o próximo mochilão (que já tem data marcada: próxima semana rumo a Perth e Bali).

Qualquer dúvida é só comentar.

Bjoo,


sexta-feira, 9 de maio de 2014

Mochilão Sudeste Asiático - parte IV: Tailândia - Bangkok e Chiang Rai

Hey guys,

Continuando a saga do mochilão, no dia 22 de fevereiro saímos de Phuket as 6 da matina rumo a Bangkok. Chegamos novamente no aeroporto e dessa vez pegamos um busão até a famosa região de Khao San road. Ao sair do aeroporto vc vai ver os pontos de ônibus, e pegando o busão 59 e parando no Democracy monument vc consegue economizar mais de 200 baht! (as pessoas são super prestativas, não falam muito inglês mas dá pra comunicar por gestos haha). Passamos por Bangkok numa época bem crítica, pois estavam ocorrendo vários protestos e atentados e a cidade estava meio que num alerta civil, tinham vários lugares fechados com barricadas, carros virados nas ruas... mas na área turística estava seguro, não tivemos problema.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Mochilão Sudeste Asiático - parte III: Tailândia - Ilhas Koh Phagan, Ko Phi Phi e Phuket.

Hey guys,

Terceira parte do mochilão, agora partimos do Vietnã e chegamos no paraíso: Tailândia!! A Tailândia é famosa por suas lindas praias e também pela vibrante vida noturna. A moeda tailandesa é o Thai Baht, e a cotação é 1 : 30 (1 aud = 30 baht).

No dia 13 de fevereiro pegamos o vôo de Hanoi (Vietnã) pra Bangkok (Tailândia) rumo a tão falada Full Moon Party. Chegamos na capital da Tailândia na hora do almoço, pegamos o trem para a estação central (minha dica: não peguem taxi, uma viagem de taxi que custaria cerca de 300 baht de trem sai a 5!). O trem é bem velhinho e cheio de monge, mas o preço é mto camarada e dentro do aeroporto é só seguir as placas que se chega facinho na estação de trem.
A espera do trem

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Mochilão Sudeste Asiático - Parte II: Vietnam - Ho chi Minh city, Hanoi e Halong Bay

Olá,

Primeiramente peço desculpas pela imensa demora em atualizar o blog, é que esse último mês foi muito corrido com o começo da faculdade, várias provas, assignments, coisar pra revisar, mudança de casa, etc.

Bom, então vamos falar sobre a viagem. Foram ao todo, 24 dias percorrendo 3 países e 7 cidades diferentes (sem contar as que passamos brevemente durante as viagens de ônibus e trem).

Saímos de Sydney no dia 7 de fevereiro, numa sexta-feira, e pegamos o vôo as 11:55 da manhã com destino a Kuala Lumpur na Malásia. Como já tinha falado em um post anterior, eu não paguei o adicional de bagagem portanto só podia levar 7 kg de bagagem de mão. Na pesagem do aeroporto minha mala deu 8,200 kg mas a moça do guichê fez vista grossa (um pouco de peso a mais passa de boa, desde que seja só um pouco). Voamos de Air Asia (praticamente todos os vôos da viagem), que é a companhia low cost da asia. O vôo de Sydney até Kuala Lumpur durou cerca de 8 horas e foi extremamente desconfortável. As poltronas da Air Asia são minusculas e o avião estava bem cheio (minha dica é ficar esperto e assim que o avião decolar pedir pra trocar de assento pra algum que não seja no meio). Por esse ser tão longe eu tinha comprado refeição, se vc comprar antes pelo site tem mais opções fica a dica, peguei lasanha e tava bem boa apesar de ser pequena. As meninas não tinham comprado comida mas conseguiram passar com alguns biscoitos na mala o que deu pra matar a fome e foi de graça haha.
Saudades da minha rodinha do Brasil (perdi ela na viagem) :(

sábado, 25 de janeiro de 2014

Mochilão Sudeste Asiático - Preparativos (parte I)


Hi guys,

Bom, meu curso de inglês está quase acabando (Thanks God!) e daqui duas semanas eu, Isabel, Kauana, Milena e Rafael estamos partindo para um mochilão na Asia para aproveitar as 3 semanas de férias que teremos antes do começo da facul.


Começamos os planejamentos a uns 2 meses atrás com a pesquisa de vôo e escolha de países mas o mochilão só saiu do papel mesmo em dezembro quando compramos a primeira passagem. 
No total vamos ficar 25 dias e iremos visitar 3 países: Malásia, Vietnã e Tailândia (Isabel, Kauana e Milena vão dar uma esticadinha até o Laos).


Vôos: Bom o planejamento final ficou assim:
·        (07/02) – Sydney to Kuala Lumpur (Malaysia): partida 11:55 chegada 17:30 -> 229,00 aud
·         (08/02) – Kuala to Ho chi min (Vietnam): partida 9:10 chegada 10:05 -> 78 aud
·         (10/02) – Ho chi min to Ha noi : partida 18:15 chegada 20:20 -> 68.61 aud
·         (13/02) – Ha noi to Bangkok (Thailand): partida 9:10 chegada 11: 05 -> 71 aud
·         (14/02) – Bangkok to Ko samui
·         (17/02) – Ko samui to Phuket
·         (22/02) – Phuket to Bankgok: partida 06:00 chegada 07:15 -> 56 aud
·          (25/02) – Bangkok to Chiang Rai: partida 17:35 chegada 18: 50 -> 33,84 aud
·         (28/02) – Chiang Mai to Kuala Lumpur: partida 9:10 chegada 13:00 ->113,33 aud
·         (03/03) – Kuala Lumpur to Sydney: partida 9:10 chegada 20:20 ->177,07 aud


TOTAL: 826,85 aud

Compramos a maoria dos vôos pela Airasia e tem esse site aqui de pesquisa de vôos que é muito útil. E nos lugares em que não vamos chegar via avião iremos pegar trem/ferry/bus pois ficará mais barato.

Acomodação: Na Tailândia vamos na famosa Full moon party em Koh Phangan e por ser lotado de turistas foi o único lugar que reservamos hostel até agora através desse site aqui. Nos outros a idéia é sempre pegar hostel em quartos compartilhados, o mais barato possível.

Vistos : - Malásia: para brasileiros o visto é free por 90 dias, precisando apenas fornecer o passaporte original válido e o certificado internacional de vacinação contra febre amarela.
- Vietnã: É preciso conseguir uma 'carta de aprovação' antes de chegar ao país que pode ser pedida online em vários sites como esse aqui e custa uma média de 10 USD. Alem disso ao chegar você terá que levar duas fotos 4x6 e pagar uma taxa de 45 USD.
- Tailândia: Os cidadãos brasileiros e os portugueses não precisam pedir visto para entrar na Tailândia. No próprio aeroporto internacional de Bangkok (Suvarnabhumi), o viajante irá receber um carimbo no passaporte com validade prévia para 3 meses, o visto na verdade é a declaração de bens e items que o turista recebe no avião, esse papel vai ficar grampeado no passaporte até sua partida da Tailândia. O serviço é gratuito para brasileiros e portugueses e não há necessidade de foto.

Vacinas: A única vacina realmente exigida é a de febre amarela, mas na Ásia doenças transmitidas atráves da água e comida são muito comuns, portanto o viajante tem que ter muito cuidado nos lugares em que vai comer e se possível tomar várias vacinas por proteção. Eu fui ao médico aqui na Austrália com a minha carteirinha de vacinação e o médico olhou, analisou os países em que eu vou visitar e me indicou tomar as vacinas de febre tifóide e hepatite A. Paguei uma taxa de 135 AUD pelas vacinas, mas o Medibank vai me reembolsar em 4 dias úteis. Além disso usem bastante repelente (por causa da Malária) e evitem chegar perto de animais, principalmente cachorros (por causa da Raiva).

Mala: Toda a viagem vai ser realmente um mochilão porque nos vôos só temos direito a levar 7 kg de bagagem! então o negócio é planejar bem e deixar pra comprar o superfluo lá (que vai ser bem mais barato). Eu comprei uma mochila aqui de 32 L (aguenta até 16 kg) e paguei 72 AUD.


Bom por hoje é só isso tudo!
Aguardem pelos próximos capítulos dessa saga! haha

bjoo

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Vaga no nosso apartamento

Hey guys,
Eu e mais duas brasileiras que moram comigo vamos viajar do dia 08 de fevereiro a 1 de março e estamos alugando nossa vaga. Nosso apartamento fica entre Randwick e Coogee (Coogee Bay Rd), a um quarteirão do Coles, 10 min da praia e da UNSW com ponto de ônibus do outro lado da rua pra city, central station, bondi junction, maroubra, newtown, etc. O apartamento tem dois quartos , e estamos alugando um deles com duas vagas e no outro a pessoa vai dividir com outra brasileira muito gente boa. O apartamento tbm tem piscina aquecida e jacuzzi.

175 por semana com todas as contas inclusas!

Segue fotos do apê:










Mais informações inbox ou ligue para 0452372221 (Paula) 0413345356 (Isabel) ou ainda pelo e-mail paulamoreiratostes@hotmail.com